ESTUDO DA FÍSICA

O SEU SITE DE ESTUDO NA NET

Clique aqui para fechar esta janela                                                                           Voltar a página anterior

  SIMULADO ON-LINE  

FORÇA DE ATRITO 

BOA SORTE

 

1. Um corpo de massa M = 4 kg está apoiado sobre uma superfície horizontal. O coeficiente de atrito estático entre o corpo e o plano é de 0,30, e o coeficiente de atrito dinâmico é 0,20. Se empurrarmos o corpo com uma força F horizontal de intensidade
F = 15 N, podemos afirmar que: (g = 10 m/s2)
a)a aceleração do corpo é 0,5 m/s2.  
b) a força de atrito vale 20 N.   
c) a aceleração do corpo será 0,75 m/s2. 
d) o corpo fica em repouso. 
e) N.R.A.  
 
 
2. (UECE) Um caminhão transporta um bloco de massa m. O coeficiente de atrito estático entre o bloco e o caminhão é m e a aceleração da gravidade local é g. Em pista reta e horizontal, a maior aceleração que o caminhão pode ter, para que o bloco não deslize, é:
a) m . g 
b) g / m. 
c) m / g. 
d) m . m . g.  
e) g / m2. 
 
 
3. (Furgs-RS) Um garoto empurra um caixote sobre uma superfície horizontal, onde o coeficiente de atrito cinético entre o caixote e a superfície é constante. Quando ele aplica uma força horizontal de 20 N, o caixote move-se com velocidade constante de 1,0 m/s. Ao dobrar a força aplicada, o caixote passa a se mover com uma aceleração de 2,0 m/s2. Se o garoto triplicar o valor da força inicialmente aplicada, a aceleração do caixote será:
a) 1,0 m/s2 
b) 2,0 m/s2 
c) 3,0 m/s2 
d) 4,0 m/s2 
e) 6,0 m/s2 
 
 
4. (UEL-PR) Um bloco de madeira pesa 2,00 x 103  N. Para deslocá-lo sobre uma mesa horizontal com velocidade constante, é necessário aplicar uma força horizontal de intensidade 1,0 x 102 N. O coeficiente de atrito dinâmico entre o bloco e a mesa vale:
a) 5,0 x 10-2. 
b) 1,0 x 10-1. 
c)
2,0 x 10-1. 
d) 2,5 x 10-1. 
e) 5,0 x 10-1.   
 
 
5. (Cescea-SP) Um corpo desliza sobre um plano horizontal, solicitado por uma força de intensidade 100 N. Um observador determina o módulo da aceleração do corpo: a = 1,0 m/s2. Sabendo-se que o coeficiente atrito dinâmico entre o bloco e o plano de apoio é 0,10, podemos dizer que a massa do corpo é: (g = 10 m/s2)    
a)
10 kg. 
b) 50 kg. 
c) 100 kg. 
d)
150 kg.  
e) 200 kg. 
 
 
6. (PUC-PR) Dois corpos A e B (mA  = 3 kg  e  mB  = 6 kg) estão ligados por um fio ideal que passa por uma polia sem atrito, conforme a figura. Entre o corpo A e o apoio, há atrito cujo coeficiente é 0,5. Considerando-se g = 10 m/s2, a aceleração dos corpos e a força de tração no fio valem:
a) 5 m/s2 e 30 N.  
b) 3 m/s2 e 30 N.
c) 8 m/s2 e 80 N.
d) 2 m/s2 e 100 N.  
e) 6 m/s2 e 60 N.  

 

 
 
7. (EFU-MG) O bloco da figura abaixo está em repouso e tem massa igual a 2 kg. Suponha que a força F = 4 N, representada na figura, seja horizontal e que o coeficiente de atrito estático das superfícies em contato vale 0,3. Ter-se-à então, neste caso, que o valor da força de atrito é:  (g = 10 m/s2.)   
a) 4 N 
b) 6 N 
c) 2 N
d) 10 N 
e) 20 N         
 

 

 
8. (Itajubá – MG) Um bloco indeformável de peso 60 N é comprimido por uma força horizontal de intensidade 140 N contra uma parede vertical também indeformável. O coeficiente de atrito entre o bloco e a parede vale 0,50. Podemos afirmar com certeza que:
a) o bloco permanecerá em repouso, em relação à parede. 
b) o bloco subirá acelerando, tangenciando a parede.  
c) o bloco subirá tangenciando a parede com velocidade constante. 
d) o bloco descerá tangenciando a parede com aceleração constante.   
e) não temos informações suficientes para a solução do problema. 
 
 
9. (E.F.O.Alfenas-MG) Dois blocos idênticos, ambos com massa m, são ligados por um fio leve, flexível. Adotar g = 10 m/s2. A polia é leve e o coeficiente de atrito do bloco com a superfície é  m  =  0,2. A aceleração dos blocos é: 
a) 10 m/s2.  
b)  6 m/s2.  
c)  5 m/s2.  
d)  4 m/s2.   
e) nula. 
 

 

 
10. (Unifor 98/2) Sobre uma caixa de massa 8,0 kg, apoiada em repouso numa superfície horizontal,  aplica-se uma força horizontal de intensidade constante de 12 N.  Verifica-se que,  num intervalo de tempo de 2,0 s,  a velocidade da caixa passa a ser de 2,0 m/s.  Nessas condições,  a força de atrito entre a caixa e a superfície de apoio vale
a) zero.      
b) 2,0 N
c) 4,0 N
d) 6,0 N
e) 8,0 N  
 
 

 

RESULTADOS

 
Sua nota será:
 
Você acertou as questões:
 
Você errou as questões:

VERIFICAR GABARITO