ESTUDO DA FÍSICA

O SEU SITE DE ESTUDO NA NET

Clique aqui para fechar esta janela                                                                           Voltar a página anterior

  SIMULADO ON-LINE  
GRAVITAÇÃO UNIVERSAL 
( PARTE II )
BOA SORTE

 

1. Adotando o Sol como referencial, aponte a alternativa que condiz com a 1a lei de Kepler da Gravitação (Lei das Órbitas):
a) As órbitas planetárias são quaisquer curvas, desde que fechadas.
b) As órbitas planetárias são espiraladas.
c) As órbitas planetárias não podem ser circulares.
d) As órbitas planetárias são elípticas, com o Sol ocupando o centro da elipse. 
e) As órbitas planetárias são elípticas, com o Sol ocupando um dos focos da elipse. 
 
 
2. (PUC-MG) A figura abaixo representa o Sol, três astros celestes e suas respectivas órbitas em torno do Sol: Urano, Netuno e o objeto recentemente descoberto, de nome 1996 TL66.

Analise as afirmativas a seguir:
I. Essas órbitas são elípticas, estando o Sol em um dos focos dessas elipses. 
II. Os três astros representados executam movimento uniforme em torno do Sol, cada um valor de velocidade diferente da dos outros.
III. dentre os astros representados, quem gasta menos tempo para completar uma volta em torno do Sol é Urano.
Assinale:
a) se todas as afirmativas são corretas.
b) se todas as afirmativas são falsas.
c) se apenas as afirmativas I e II são corretas.
d) se apenas as afirmativas II e III são corretas.
e) se apenas as afirmativas I e III são corretas.
 
 
3. Com relação às Leis de Kepler, podemos afirmar que: 
a) não se aplicam ao estudo da gravitação da Lua em torno da Terra. 
b) só se aplicam ao nosso Sistema Solar.
c) aplicam-se à gravitação de quaisquer corpos em torno de uma grande massa central.
d) contrariam a Mecânica de Newton.
e) não prevêem a possibilidade da existência de órbitas circulares.

 

 
 
4. (UEL-PR) O planeta Vênus descreve uma trajetória praticamente circular de raio 1,0 . 1011 m ao redor do Sol. Sendo a massa de Vênus  igual a 5,0 . 1024 kg e seu período de translação 224,7 dias (2,0 . 107 segundos), pode-se afirmar que a força exercida pelo Sol sobre Vênus é, em newtons, aproximadamente,
a) 5,0 . 1022
b) 5,0 . 1020
c) 5,0 . 1015
d) 5,0 . 1013
e) 5,0 . 1011
 
 
5. Um planeta hipotético tem massa dez vezes menor que a da Terra e raio quatro vezes menor que o terrestre. Se a aceleração da gravidade nas proximidades da superfície da Terra vale 10 m/s2, a aceleração da gravidade nas proximidades da superfície do planeta hipotético é de: 
a)
20 m/s2.
b) 16 m/s2.
c) 10 m/s2.
d) 6,0 m/s2.
e) 4,0 m/s2.
 
 
6. (UCDB-MT) Em julho de 1997, a sonda norte-americana Mars Pathfinder chegou a Marte para uma nova exploração das condições do planeta. Nessa ocasião os jornais publicaram comparações entre a Terra e Marte. Numa matéria publicada no jornal Folha de São Paulo verifica-se que o raio de Marte é 53% do raio da Terra e a massa de Marte é 11% da massa da Terra. Partindo desses dados e considerando que a aceleração da gravidade da Terra é de 10 m/s2, podemos concluir que a aceleração da gravidade na superfície de Marte, em m/s2, é um valor mais próximo de:
a) 2,0 
b) 3,0
c) 4,0
d) 5,0
e) 6,0
 
 
7. Um astronauta flutua no interior de uma nave em órbita em torno da Terra. Isso ocorre porque naquela altura:
a) não há gravidade. 
b) a nave exerce uma blindagem à ação gravitacional da terra.
c) existe vácuo.
d) o astronauta e a nave têm aceleração igual a da gravidade, isto é, estão numa espécie de “queda livre”.
e) o campo magnético terrestre equilibra a ação gravitacional.     
 
 
8. (Fatec-SP) As quatro estações do ano podem ser explicadas:
a) pela rotação da Terra em torno de seu eixo.
b) pela órbita elíptica descrita pela Terra em torno do Sol.
c) pelo movimento combinado de rotação e translação da Terra.
d) pela inclinação do eixo principal da Terra durante a translação.
e) pelo movimento de translação da Terra.
 
 
9. Um planeta orbita uma estrela, descrevendo trajetória circular ou elíptica. O movimento desse planeta em relação à estrela:
a) não pode ser uniforme.
b) pode ser uniformemente variado.
c) pode ser harmônico simples.
d) tem características que dependem de sua massa, mesmo que esta seja desprezível em relação à da estrela. 
e) tem aceleração exclusivamente centrípeta em pelo menos dois pontos da trajetória.
 
 
10. (Fuvest-SP) Dentro de um satélite em órbita em torno da Terra, a tão falada “ausência de peso”, responsável pela flutuação de um objeto dentro do satélite, é devida ao fato de que:
a) a órbita do satélite se encontra no vácuo e a gravidade não se propaga no vácuo.
b) a órbita do satélite se encontra fora da atmosfera, não sofrendo assim os efeitos da pressão atmosférica.
c) a atração lunar equilibra a atração terrestre e, conseqüentemente, o peso de qualquer objeto é nulo.
d) a força de atração terrestre, centrípeta, é muito menor que a força centrifuga dentro do satélite.
e) o satélite e o objeto que flutua têm a mesma aceleração, produzida unicamente por forças gravitacionais.
 
 

 

RESULTADOS

 
Sua nota será:
 
Você acertou as questões:
 
Você errou as questões:

VERIFICAR GABARITO