ESTUDO DA FÍSICA

O SEU SITE DE ESTUDO NA NET

Clique aqui para fechar esta janela                                                                       Voltar a página anterior

  SIMULADO ON-LINE  

DILATAÇÃO TÉRMICA 

BOA SORTE

 

1. (UNEB-BA) Uma barra metálica, de coeficiente de dilatação linear a e comprimento inicial Lo é submetida a uma variação de temperatura Dt. Nessa  condição, a variação do comprimento da barra,  DL:
a) é diretamente proporcional a Lo e  Dt.
b) é diretamente proporcional a Lo e inversamente proporcional a Dt.
c) é inversamente proporcional a Lo e diretamente proporcional a Dt.
d) é inversamente proporcional a Lo e Dt.
e) independe de Lo e é diretamente proporcional a Dt.
 
 
2. (PUC-MG) O coeficiente de dilatação volumétrica do ferro é 34 x 10-6 oC-1 e o invar (liga de ferro e níquel) é 27 x 10-6 oC-1.Um parafuso de ferro está emperrado em uma porca de invar. Para soltar o parafuso, deve-se:
a) aquecer igualmente as duas peças.
b) resfriar igualmente as duas peças.
c) aquecer somente o parafuso.
d) resfriar a porca e aquecer o parafuso.
e) aquecer somente a porca.
 
 
3. (Fatec-SP) As tampas metálicas dos recipientes de vidro são mais facilmente removidas quando o conjunto é imerso em água quente. Tal fato ocorre porque:
a) a água quente lubrifica as superfícies em contato.
b) o metal dilata-se mais que o vidro.
c) a água quente amolece o vidro, permitindo que a tampa se solte.
d) a água quente amolece o metal, permitindo que a tampa se solte.
e) o vidro dilata-se mais que o metal.
 
 
4. (FCC-SP) Quando uma substância é aquecida, sem mudar o seu estado de agregação, geralmente o volume:
a) permanece o mesmo e a densidade aumenta.
b) aumenta e a densidade aumenta.
c) diminui e a densidade aumenta.  
d) aumenta e a densidade diminui.
e) diminui e a densidade diminui.
 
 
5. (FMB-MG) Os corpos ocos homogêneos:
a) não se dilatam.
b) dilatam-se como se fossem maciços.
c) dilatam-se menos que os maciços de mesmo volume.
d) dilatam-se mais que os maciços de mesmo volume.
e) n.r.a
 
 
6. (UNI-RIO) Um motorista enche totalmente o tanque de seu carro com álcool e o estaciona ao sol na beira da praia. Ao voltar, verifica que uma certa quantidade de álcool derramou. Pode-se concluir que o tanque:
a) não dilatou.
b) dilatou mais do que o álcool.
c) dilatou-se igualmente ao álcool. 
d) possui um coeficiente de dilatação maior do que o álcool.
e) dilatou menos do que o álcool.
 
 
7. (ITA-SP) O vidro Pyrex apresenta maior resistência ao choque térmico do que o vidro comum porque:
a) tem baixo coeficiente de dilatação térmica. 
b) possui alto coeficiente de rigidez. 
c) tem alto coeficiente de dilatação térmica. 
d) tem alto calor específico  
e) é mais maleável que o vidro comum.
 
 
8. (Fatec-SP) Três barras retas de cobre são interligadas de modo a formarem um triângulo isósceles de base 10 cm e altura 12 cm. Elevando-se a temperatura do sistema:
a) a base e os lados sofrem dilatações iguais. 
b) a área se conserva.
c) os ângulos se mantêm.  
d) o ângulo do vértice varia menos do que os ângulos da base.
e) n.r.a
 
 
9. (FCMSC-SP) Uma chapa de ferro com um furo central é aquecida. Com o aumento de temperatura:
a) tanto o furo como a chapa tendem a diminuir.
b) a chapa aumenta, mas o furo diminui.
c) tanto o furo como a chapa tendem a aumentar.
d) o furo permanece constante e a chapa aumenta.
e) sucede algo diferente do que foi mencionado anteriormente.
 
 
10. (FCMSC) O coeficiente de dilatação linear de uma determinada substância é igual a X. Entre os valores seguintes, o que mais se aproxima do valor do coeficiente de dilatação superficial dessa substância é:
a) X / 4  
b) X / 2  
c) 2X  
d)  X  
e) 4X
 
 
11. (UFAL 92) Uma barra metálica sofre um acréscimo de 0,06% em relação ao seu comprimento inicial quando sua temperatura sofre uma variação de de 40o C. O coeficiente de dilatação linear médio desse metal, nesse intervalo de temperatura é, em oC-1
a)  12 x 10-5 
b)    8 x 10-5  
c)    6 x 10-5  
d) 1,2 x 10-5  
e) 1,5 x 10-5
 
 
12. (UFAL 91) O comprimento de uma barra metálica a 0o C é de 2000 mm e a 100o C é de 2001 mm. O coeficiente de dilatação linear dessa barra, em oC-1
a) 1 x 10-6  
b) 4 x 10-6  
c) 5 x 10-6
d) 3 x 10-6  
e) 2 x 10-6
 
 
13. (UFAL 91/2) Um rebite de 2,000 mm de diâmetro deve ser introduzido num orifício de 1,996 mm de diâmetro ambos medidos a 0o C. Sabendo-se que o coeficiente de dilatação linear do metal de que é feito o rebite é 25 x 10-6  oC-1, isto pode ser feito resfriando-se apenas o rebite a uma temperatura, em oC, de
a) -40  
b) -80  
c) -100  
d) -120  
e) -200
 
 
14. (UFAL 86) Um posto de gasolina recebeu 2000 litros desse líquido a 30o C. Quando vendeu, a temperatura média da gasolina havia baixado para 20o C. Sendo 1,1 x 10-3 oC-1 o coeficiente de dilatação volumétrica média da gasolina, o prejuízo do posto, foi, em litros, igual a
a) 989  
b) 98,9  
c) 9,89  
d) 2,2  
e) 22

 
15. (PUC-RS) Uma barra de ferro mede 1,0 m a 10o C. Considerando o coeficiente de dilatação linear do ferro igual a 1,2 x 10-5 oC-1. Pode-se afirmar que a variação de comprimento dessa barra, quando a temperatura aumentar para 110o C, será de:
a) 1,2 x 10-5  m  
b) 1,2 x 10-1  m  
c) 1,2 x 10-2  m  
d) 1,2 x 10-3  m  
e) 1,2 x 10-4  m 
 
 
16. (ITA-SP) Você é convidado a projetar uma ponte metálica, cujo comprimento será de 2,0 km. Considerando os efeitos de contração e expansão térmica para temperaturas no intervalo de -40o F e 110o F e o coeficiente de dilatação linear do metal, que é de 12 x 10-6 oC-1, qual é a máxima variação esperada no comprimento da ponte?
a) 9,3 m 
b) 6,5 m  
c) 3,0 m
d) 0,93 m 
e) 2,0 m
 
 
17. (U.F.Uberlândia-MG) Um orifício numa panela de ferro, a 0o C, tem 5 cm2 de área. Se o coeficiente de dilatação linear do ferro é de 1,2 x 10-5 oC-1, a área desse orifício a 300o C será, em cm2:
a) 5,036
b) 5,018  
c) 4,964  
d) 10,036  
e) 10,072 
 
 
18. (Mackenzie-SP) Uma chapa plana de uma liga metálica de coeficiente de dilatação linear 2 x 10-5 oC-1 tem área Ao à temperatura de 20o C. Para que a área dessa placa aumente 1%, devemos elevar sua temperatura para:
a) 470o C 
b) 320o C
c) 520o C
d) 270o C
e) 170o C
 
 
19. (U.F.Santa Maria-RS) O coeficiente de dilatação superficial do ferro é 24 x 10-6 oC-1. Supondo o ferro uma substância isotrópica, seu coeficiente de dilatação cúbica será
a) 36 x 10-6 oC-1 
b) 48 x 10-6 oC-1  
c) 6 x 10-6 oC-1 
d) 24 x 10-6 oC-1  
e) 12 x 10-6 oC-1
 
 
20. (Cefet-PR) Um cubo de alumínio com coeficiente de dilatação linear de 2 x 10-5 oC-1 tem aresta de dimensão de 10 cm quando à temperatura de 0o C. O volume do cubo a 100o C será, em cm3, de:
a) 1045  
b) 1010  
c) 1020
d) 1006  
e) 1008
 
 

RESULTADOS

 
Sua nota será:
 
Você acertou as questões:
 
Você errou as questões:

VERIFICAR GABARITO